Welcome

Delete this widget from your Dashboard and add your own words. This is just an example!

desabafo.

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Mais um dia, mas um longo dia, mais um decepção, mais uma lágrima derrubada por nada. É assim, dia após dia, deitada no chão frio do banheiro, deixando sair pelos olhos, tudo aquilo que não cabe no coração. Até quando? Isso vai continuar me perturbando? Até quando vou ter que chorar escondida no banho, enquanto minhas lágrimas são disfarçadas dentre a água do chuveiro? Até quando vai doer? Porque sinceramente, eu estou cansada de ter de suportar tudo, sem poder dizer nada. O que era um plural feliz, virou apenas um singular infeliz e solitário, o que eu sempre soube mas nunca quis crer que fosse assim, é que nunca existiu um nós, apenas eu, como sempre, apenas eu. Eu sempre fui forte, o que aconteceu comigo? Eu só queria poder escrever o turbilhão de coisas que eu estou sentindo agora, queria apenas que as pessoas vissem a que estado eu cheguei, apenas queria que alguém realmente se importasse. Eu só queria aprender a me importar menos, talvez seria a solução dos meus problemas. Odeio ter de sorrir quando tudo que eu mais quero é chorar, mas infelizmente é só isso que eu tenho feito. O pior de tudo é que, quando eu penso que posso confiar em alguém, essa pessoa me decepciona, agora aprenda: O silêncio, é o choro mais alto de uma garota.

0 comentários:

Postar um comentário