Welcome

Delete this widget from your Dashboard and add your own words. This is just an example!

E agora, amor.

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Carregue ela e a gire, deixe ela de cabeça para baixo, deixe-a tonta… ela vai gritar, espernear e te bater, mas secretamente ela vai gostar. Segure sua mão enquanto você conversa, segure sua mão enquanto você dirige, segure sua mão enquanto vocês caminham … apenas segure sua mão. Diga que ela está linda e repare quando ela mudar a cor do cabelo dela, olhe diretamente em seus olhos enquanto você fala com ela. A proteja. Conte piadas idiotas para ela, faça trocadilhos sem graça, mande mensagens de boa noite, faça cócegas nela, mesmo que ela te mande parar, apenas faça de tudo para ela rir. Quando ela começar a te xingar e te chamar de apelidos de que você não gosta, abrace-a e aperte-a bem forte e diga que a ama. Deixe-a adormecer em seus braços. Deixe-a zangada, em seguida, beije-a. Provoque ela, deixe-a louca. Deixe ela te provocar de volta. Beija-a na bochecha, beija-a na testa, morda ela fraco, agente gosta… apenas a faça se sentir bem e feliz ao teu lado. Deixe-a vestir suas roupas, deixe ela brincar com você, com suas coisas, deixe-a ficar com o melhor lado da cama, fique debaixo do cobertor com ela, assista aquele romance chato e meloso de que ela tanto gosta, deixe ela se fazer de dificil, entre no jogo dela. Vá devagar. Não force nada! E quando você olhar no fundo dos olhos dela, quando seu coração acelerar, perceba: você a ama, você a ama muito.

0 comentários:

Postar um comentário